Apendicite

apendicite

Como é o tratamento da apendicite?

O tratamento da apendicite é cirúrgico, ou seja, o apêndice inflamado precisa ser retirado durante uma cirurgia, em que a pessoa está anestesiada, no hospital. O procedimento é conhecido como apendicectomia. O apêndice não é substituído durante a cirurgia, apenas é feita a sua remoção.

Quais são as características da apendicite?

O apêndice é uma bolsa com formato de tubo que fica localizado na região inferior direita da barriga. Ele recebe também outras denominações como: apêndice cecal, apêndice vermiforme e apêndice vermicular. Não é considerado essencial para o organismo, porém sua inflamação pode causar problemas à saúde. O que é o apêndice?

Como é a dor da apendicite?

A dor da apendicite inicia-se de forma repentina e aguda, se apresentando mais leve ou fraca no início, podendo se tornar mais intensa, forte e constante, e que piora ao tossir, espirrar ou andar.

Onde fica o apêndice?

O apêndice é uma parte do intestino grosso, localizado do lado inferior à direita do abdômen, e possui um formato semelhante ao dedo de uma luva.

Quais os sintomas da apendicite?

A apendicite crônica apresenta-se como um quadro de dor abdominal cíclica que costuma ser difícil de diagnosticar. Os sintomas só desaparecem de forma definitiva quando o apêndice é removido cirurgicamente. Como em qualquer doença, o diagnóstico da apendicite começa pela avaliação dos sinais e sintomas através da história clínica e do exame físico.

Como é feita a cirurgia de apendicite?

A cirurgia de apendicite pode ser realizada de duas formas: a primeira é feita com uma pequena incisão de cerca de cinco centímetros no lado direito do abdômen, logo acima do apêndice, para a sua remoção. Normalmente, nesse tipo, o paciente pode ficar com uma cicatriz na barriga.

Quais são os exames mais precisos para tratar a apendicite?

Exame físico: o tipo mais preciso de exame feito pelo médico é o exame físico, em que o médico pressionará a área dolorida. Na apendicite, quando a área em questão for pressionada, a dor sempre aumenta, indicando que naquele local há inflamação. O médico também deverá observar se há rigidez dos músculos do abdômen.

O que fazer quando alguém sofre um ataque de apendicite?

A primeira coisa a fazer quando alguém sofre um ataque de apendicite é deitar o doente de barriga para cima, e este deve permanecer quieto. Em seguida deve avisar o seu médico, ele será quem decidirá se é necessário uma operação ou não.

Quanto tempo dura a dor da apendicite?

A dor da apendicite tem início dentro de 24 horas do início da inflamação no apêndice, podendo piorar quando ocorre ruptura do apêndice, o que pode ocorrer dentro de 48 a 72 horas após o início dos sintomas. A dor da apendicite não desaparece até que seja feita a cirurgia para remoção do apêndice inflamado.

Quais são as características típicas da dor da apendicite?

O sintoma mais típico, presente em praticamente 100% dos casos de inflamação do apêndice é a dor abdominal. Como essa dor pode ser causada por dezenas de problemas diferentes, conhecer as características típicas da dor da apendicite é importante para o seu diagnóstico. O apêndice em si é um órgão mal inervado.

Quais os sintomas da apendicite?

Se acha que pode estar com uma apendicite, assinale seus sintomas: 1 Dor ou desconforto abdominal 2 Dor intensa no lado inferior direito da barriga 3 Náuseas ou vômitos 4 Perda de apetite 5 Febre baixa persistente (entre 37,5º e 38º) 6 Mal estar geral 7 Prisão de ventre ou diarreia 8 Barriga inchada ou excesso de gases

Onde fica o apêndice?

O apêndice é uma parte do intestino grosso, localizado do lado inferior à direita do abdômen, e possui um formato semelhante ao dedo de uma luva.

Postagens relacionadas: